O ano começando e nada melhor que colocar bons livros no planejamento do ano.

Sou engenheiro eletricista. Técnico, técnico. Da graduação na UFMG até o pós doutorado no Imperial College London, passando pela Universidade de Oxford, me foquei em dominar as equações e os programas.

E de repente a necessidade me levou a empreender. Como um vício não parei nos últimos 7 anos, em especial nos últimos 3 anos, no meio da crise. Me cansei dos sucessos e insucessos moderados, começamos a aumentar as apostas.

Nerd que sou utilizei alguns livros para me ajudar nesse trajeto. Irei destacar alguns.

O primeiro que recomendo é A Estratégia do Oceano Azul. Livro inspirador. É aquela leitura básica para entrar no mundo do empreendedorismo. Os casos da polícia de Nova York e do Cirque du Soleil são incríveis. De lá trouxe uma lição, óbvia, mas que na época não era: bons modelos de negócio podem aparecer eliminando valores.

Esquecendo alguns polêmicas em torno desse livro, eu recomendo para um entendimento inicial de modelos de negócios: Business Model Generation. O livro trás uma ferramenta simples para sintetizar e apresentar modelos de negócios. Os casos discutidos também são valorosos.

O livro que mais li e reli: Crossing the Chasm. Encontrei esse livro em 2014 quando estávamos lançando o Enapark (sistema para pagamento de estacionamento via celular). O livro trata de marketing e vendas para B2B de tecnologia. É um livro para ler com rodagem. Complexo e profundo é para quem já está na estrada vivenciando vendas de tecnologia para B2B. Eu lia e vivia, e, em cada capítulo falava para mim mesmo: ele está certo.

Finalmente, indico o Sales Acceleration Formula. Quando comecei a ler fiquei com aquele sentimento que devia ter achado esse livro antes. Traz uma discussão de como montar, treinar e até escalar uma equipe de vendas. Muitas dicas úteis que dão vontade de implementar logo. Os capítulos vão da contratação do primeiro vendedor até se transformar em uma máquina escalável.

Outros livros:

Li vários outros nos últimos 2 anos e deixo aqui uma lista de alguns que acredito que valem a pena:

A Curtida.Social é movida pelo propósito de mudar o mundo, trazendo dinheiro novo para dar voz a ações sociais, fazemos isso via captação de recursos para projetos sociais, conectadas aos objetivos do desenvolvimento sustentável da ONU, junto à empresas preocupadas com a responsabilidade corporativa. Somos a maior empresa de Marketfunding do mundo, unindo marketing de causa e crowdfunding. Trabalhamos a marca (branding) e o endomarketing, com o aumento do engajamento interno de funcionários e melhoras no recrutamento de pessoas que se identificam com os valores das empresas apoiadoras.